DF: Metrô-DF e Corpo de Bombeiros simulam regaste em túnel

O corpo de segurança operacional do Metrô-DF e o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal realizam, na madrugada desta segunda-feira (22), mais um treinamento conjunto para alinhar a atuação das duas forças numa situação de incêndio envolvendo múltiplas vítimas. A simulação será feita pela primeira vez no túnel Asa Sul, entre 1h e 4h30 da manhã, para não interferir na operação comercial, que vai das 6h às 23h30.

A atividade será em quatro etapas, nos dias 22, 24, 29 e 1º de julho. Cada turma contará com oito agentes de segurança operacional e 16 bombeiros. O acesso será pela estação 114 Sul e a simulação de incêndio ocorrerá ao longo do túnel, no sentido estação Asa Sul. Aproximadamente 30 vítimas, da escola de praças do Corpo de Bombeiros, participarão do resgate.

O objetivo desse tipo de ação é definir os limites da atuação de cada força envolvida num resgate. De acordo com o chefe da divisão de segurança operacional do Metrô-DF, Pedro Feitosa, os agentes de segurança atuarão na plataforma da estação, evacuando a área e conduzindo as vítimas. O Corpo de Bombeiros trabalhará no túnel, onde, hipoteticamente, haverá fogo e fumaça. "A ideia é estabelecer um protocolo de atuação mútua, entre o Metrô-DF e o Corpo de Bombeiros, para construir um padrão de atuação nesse tipo de situação", explicou Feitosa.

Capacitação

A direção do Metrô-DF tem planejado ações para treinar e capacitar os profissionais atuantes na segurança metroviária. Além de parceria com o Corpo de Bombeiros, também há previsão de treinamento com as polícias Militar do DF e Federal. Entre os cursos, abordagem e defesa pessoal, condução de viaturas, direção defensiva e ofensiva, inteligência e combate ao terrorismo. "Nosso corpo de segurança atua, diariamente, no policiamento dos trens e estações, na prevenção de crimes e acidentes dentro do sistema operacional do Metrô. É necessário capacitar os profissionais para melhor atender à população", observou Feitosa.

Fonte: Metrô-DF