DF: Governo quita dívida com cooperativas de transporte público

O governo terminou de pagar hoje (18) os R$ 6 milhões que ainda devia às seis cooperativas de transporte público que circulam em áreas urbanas do DF. O valor, repassado desde ontem, era referente a passagens de Passe Livre Estudantil e Portadores de Necessidades Especiais ainda de 2014.

Com isso, o governo deixa de ter dívidas com as cooperativas. Em 2015, os pagamentos estão em dia. As empresas são: MCS Locação, Cootransp, Cootarde, Coobrataete, Coopertran e Coopatag.

Paralisação

Segundo a Secretaria de Mobilidade, as 15 linhas operadas pela MCS não estão circulando desde o último dia 28. A alegação dos 242 funcionários que paralisaram o serviço é que os salários estão atrasados desde março. Cerca de 15 mil pessoas ficaram sem ônibus.

O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) notificou a MCS, que tem até sexta-feira (19) para se manifestar. Caso a empresa não volte a funcionar, a São José ou a Marechal poderão, de forma emergencial, atender às linhas que ligam a Estrutural ao Guará.

Também operado pela MCS — que corre risco de perder a permissão —, o transporte que roda no Recanto das Emas e no Riacho Fundo II poderá ser transferido para a Urbi.

Fonte: Agência Brasília