DF: Fiscais da Secretaria de Mobilidade estão de olho no Corujão

A Secretaria de Mobilidade vai intensificar a fiscalização para manter a regularidade das linhas do corujão que atendem principalmente os trabalhadores de estabelecimentos comerciais que encerram o expediente após a meia-noite.

Algumas empresas não estão cumprindo as ordens de serviço e por isso estão sendo autuadas e multadas. De janeiro a abril, foram lavrados 59 autos de infração referente as linhas do corujão pelos fiscais da Subsecretaria de Fiscalização e auditoria- (Sufisa) - da Secretaria de Mobilidade.

A lei do Corujão existe desde 1995, é de autoria do governador Rodrigo Rollemberg, então deputado distrital. “Um direito conquistado há 10 anos que precisa ser mantido. O trabalhador tem de voltar para casa em segurança e com tranquilidade, por isso estamos de olho nas empresas para que cumpram os horários e itinerários”, disse o secretário de Mobilidade, Carlos Tomé.

São 15 linhas que fazem a ligação das cidades com a Rodoviária do Plano Piloto, e entre elas, tendo inclusive uma linha circular eixo Norte-Sul. (vejam a tabela) Quatro das linhas operam de meia-noite às 6h da manhã: 933 – Taguatinga Norte/P Sul, 934 –Taguatinga Norte/Setor O, 830 – Samambaia/Paranoá e a linha 817–- Taguatinga Norte/Samambaia/Recanto/Riacho II. Todas as demais rodam de meia-noite às 4h da manhã. Após esse horário entram em operação as linhas convencionais.

Nesta terça-feira (5), será feita uma reunião com donos de empresas e auditores da Sufisa para cobrança das ordens de serviço. Qualquer reclamação pode ser feita pelo telefone da ouvidoria, 162. Vale anotar o número do ônibus, assim como dia e horário para melhor averiguação da denúncia e devidas providências.


Fonte: Semob/DF