DF: Cobrança de tarifa no Expresso Sul é adiada para 3 de abril

O começo da cobrança de tarifa no Expresso Sul (um dos corredores do sistema do futuro BRT) foi adiado para 3 de abril. Segundo o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), a data marcada inicialmente, 28 de março, foi alterada para atender aos usuários que precisam adquirir bilhetes eletrônicos, de uso obrigatório nessas linhas.

As duas novas linhas do Expresso Sul, em Santa Maria e no Gama, também só começarão a circular na nova data, em que a passará a ser cobrada tarifa de R$ 3. A bilhetagem automática será imprescindível, uma vez que, por não terem cobrador, esses ônibus não aceitarão outra forma de pagamento. Os cartões são vendidos em todas as estações.

O Expresso Sul liga as regiões administrativas do Gama, do Park Way e de Santa Maria ao Plano Piloto e atende cerca de 270 mil passageiros por dia. Segundo o DFTrans, a integração continuará valendo com as mudanças. Assim, para se locomover entre uma dessas três localidades e o Plano Piloto, os passageiros pagarão apenas uma passagem.

Fonte: Agência Brasília