Entorno DF: Reajuste na tarifa não será alterado, segundo ANTT. Prefeitos lutam por desoneração no transporte

O prefeito Itamar Lemes, juntamente com os vereadores Alessandro Viana, Raimundo Leonardo, Elismar Malta e Walteir Dias, defendeu a reavaliação do aumento da tarifa, “nossa população não tem um bom atendimento, os ônibus são lotados e as tarifas absurdas, muitos temem perder os empregos no Distrito Federal devido ao aumento”.

A diretora da ANTT, Ana Patrizia Gonçalves Lira, afirmou que o reajuste não será alterado, afirmando que a última alteração tarifária foi em julho de 2012. Como justificativa, a agência argumentou que o óleo diesel – um dos principais componentes dos custos de operação das empresas, teve aumento de 27,43% no últimos dois anos, valor que não havia sido repassado aos passageiros.

A reunião contou com a presença dos prefeitos de Águas Lindas, Hildo do Candango, Planaltina de Goiás Elis Reis, de Cidade Ocidental Giselle Araújo, de Formosa Itamar Barreto, de Cocalzinho Alair Ribeiro e de Cristalina Luiz Carlos Attié. Hildo do Candango, que também é presidente da Associação das Áreas Adjacentes a Brasília (AMAB), afirmou que a negociação foi iniciada e agora todos os prefeitos buscarão apoio junto ao Governo do Estado de Goiás e o Governo do Distrito Federal.

Sobre a licitação para que novas empresas atuem na região, a ANTT informou que deve haver a seleção ainda este ano, dependendo da demanda de empresas interessadas.

Ficou acertado ainda que na próxima semana os prefeitos participarão de reunião com o governador do Distrito Federal , Rodrigo Rollemberg.

Uma das medidas que será analisada é um desconto de 3,5% no ICMS (imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação) do combustível para que ocorra uma redução no preço da passagem.

Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto
Foto: ASCOM/Prefeitura de Águas Lindas