DF: Com a volta às aulas, posto do DFTrans fica congestionado

Uma enorme fila em frente ao posto do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) do DFTrans chamou a atenção de quem passava pelo Setor Bancário Sul, nesta sexta-feira (20). Estudantes enfrentaram mais de três horas para efetuar a recarga dos cartões do passe livre estudantil, além dos que queriam fazer, pela primeira vez, o cartão.

Eugênio Sales, de 17 anos, que ficou na fila mais de duas horas, acredita que se o procedimento pudesse ser feito pela internet, não haveria tantos trantornos. "Se pudéssemos fazer tudo on-line não haveria tantas pessoas esperando na fila, mas, infelizmente, só liberam a recarga se estivermos aqui", concluiu. Concordando com o estudante, Elba Ramos afirmou que sempre que precisa do sistema é uma confusão. "Toda vez é esse tumultuo. Falta preparo dos funcionários para nos passar as informações e nos atender com praticidade", sugere ela.

Senha só até às 15h

De acordo com servidores do DFTrans, a distribuição das senhas foi encerrada às 15h. No entanto, todas as pessoas que estiverem na fila após o final do expediente, às 17h, serão atendidas. Em nota, o órgão informou que a fila se formou devido a volta às aulas na rede pública de ensino na próxima semana. "Os estudantes apareceram em massa no posto do Setor Bancário Sul por ser o mais centralizado", argumentou. "Nele temos 22 guichês para agilizar o atendimento ao usuário", esclareceu.

Ainda segundo o DFTrans, os estudantes contam com outros pontos que foram montados para reforçar o atendimento. Eles estão provisoriamente localizados na Asa Sul, no Iesb e na Unip, em Ceilândia, no Iesb e na UNB, além de uma unidade no Campus da Universidade de Brasília no Gama. O DFTrans conta, também, com outros 15 pontos fixos - conferir aqui.

Formulários disponíveis no site

Para facilitar o acesso ao Passe Livre Estudantil, o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) disponibiliza em seu site, a partir desta sexta-feira (20), formulários para os alunos se inscreverem no benefício ou para alteração nos dados. “Colocamos os formulários em nosso site para agilizar o atendimento nos postos do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA), já que, agora, os estudantes podem levar os dados impressos”, explica o diretor-geral do DFTrans, Clóvis Barbará.

Para acessar os documentos, basta o usuário entrar no site e, na aba “SBA (Bilhetagem)”, escolher a opção “Cartão Estudante”. Os que estão pleiteando a primeira via do cartão estudantil podem preencher e imprimir o formulário de aquisição do Passe Livre. Depois, devem levá-lo até um dos postos do SBA, juntamente com outros documentos necessários - duas fotos 3x4, comprovantes de residência e de matrícula, além de documentos originais para conferência dos dados apresentados.

Após 15 dias, o aluno pode procurar os postos da Galeria dos Estados, Sobradinho, Taguatinga, Gama ou da 114 Sul para retirar o cartão estudantil.

Gratuidade

Segundo a Lei nº 4.462, de 13 de Janeiro de 2010, é assegurada a gratuidade do Passe Livre para os estudantes do ensino superior, médio e fundamental da área urbana e rural, inclusive alunos de cursos técnicos e profissionalizantes com carga igual ou superior a 200 horas aulas. Todos eles devem ser reconhecidos pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal ou pelo Ministério da Educação.

O estudante pode adicionar no cartão até o máximo de seis linhas. Para efetuar o acréscimo, basta imprimir ou fazer a retirada do requerimento também no site ou nos postos do DFTrans - exceto o da 114 Sul.

Fonte/Foto: Da redação do Jornal de Brasília