DF: Sexta-feira com poucos ônibus nas ruas. Passageiros reclamaram

Passageiros de ônibus de várias cidades do Distrito Federal reclamaram da falta de ônibus na manhã desta sexta-feira (20/6). Leitores do Correio Braziliense informaram que, desde o começo da manhã poucos ônibus circularam em Santa Maria, Paranoá, Recanto das Emas, Riacho Fundo II e São Sebastião. O reflexo são paradas de ônibus lotadas. As poucas linhas que circulam passam lotadas e muitas pessoas não conseguem sequer entrar no coletivo.

O morador do Riacho Fundo II, Alex dos Santos Milhomens, contou que ao sair de casa para o trabalho se deparou com paradas de ônibus lotadas e pessoas reclamando que há mais de uma hora não havia passado nenhum ônibus. "Uma tremenda falta de respeito com trabalhadores que dependem dos ônibus para chegarem ao trabalho", comentou.

O mesmo problema foi relatado por Otoniel Batista. Ele afirmou que no ponto de ônibus em frente ao Jardins Mangueiral não havia passado nenhum coletivo para a W3 Sul ou a W3 Norte. "A cada 30 minutos passa para a Rodoviária, porém lotado e não para aqui", reclamou.

A leitora Veronica Comenale teve dificuldades para sair de Santa Maria. Ela enviou imagens para o Correio, da parada repleta de passageiros à espera de ônibus. "Hoje era para ser normal. Falta de respeito com os passageiros". Moradores do Recanto das Emas e até de Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do DF, também lamentaram.

O Transporte Urbano do Distrito Federal (DF Trans) informou que em feriados prolongados a escala de ônibus é reduzida automaticamente, e, por isso, passou a operar como no fim de semana. No entanto, devido ao grande número de reclamações, o diretor-geral, Jair Tedeschi, entrou em contato com todas as empresas solicitando que fossem retomadas as operações.

O DF Trans garantiu que a volta para casa será tranquila, sem redução de ônibus e que o incidente foi um "mal entendido". A Associação de Empresas de Transportes Coletivo informou que a frota foi reforçada com 120 ônibus da empresa Pioneira em Santa Maria. A assessoria da Pioneira afirmou ainda que os ônibus já circulam normalmente.

Fonte: Correio Braziliense